terça-feira, 27 de maio de 2008

rasgando o coração

Talvez tudo, talvez nada:

"Exceto nas coisas intelectuais, onde cheguei a conclusões que tenho como firmes, mudo de opinião dez vezes por dia; só tenho juízo assentado a respeito de coisas em que não haja possibilidade de emoção."

Fernando Pessoa

Muito sem tempo, muito cansada, muito feliz. Muitas dúvidas também, como de praxe. O feriado foi maravilhoso. E as pessoinhas que entraram recentemente na vida desta que vos fala, espero que permaneçam. A quantidade de gente querida só aumenta por aqui. E a minha capacidade de amar também. Mais e mais. Quem pensou que, depois de tudo, fosse sobrar um resquício de amargura e medo, errou feio. Só aumentou a vontade de ir ainda mais fundo. Afinal, se for pra cair, que seja do alto. ;)

Concluindo...

"E a vida não é existir sem mais nada. A vida não é dia sim dia não. É feita em cada entrega alucinada. Pra receber daquilo que aumenta o coração."

Mafalda Veiga

2 comentários:

Pedrita disse...

que bom que seu feriado foi bom. o meu tb foi bem agitado. na verdade muitos gatinhos que fazem miau mesmo estavam na minha vida nesse feriado. a minha até ficou com ciúmes de tanto cheiro diferente. beijos, pedrita

Macabéa disse...

Cair... nem do salto! beijos, Ah, sou uma dessas pessoas queridas?