segunda-feira, 2 de junho de 2008

120 minutos. ou 7200 segundos.

Incrível isso: das 21h às 23h, depois de degustar uma maravilhosa batata coberta por catupiry com bacon, com um chopp e papos puramente profissionais, foram: 1 negativa; 1 afirmativa; 1 possibilidade, 1 revelação e 1 chute no estômago.

Como pode, tantas emoções em tão pouco tempo? Afe. Pára tudo que eu quero descer. E como canta a Luciana Mello, hoje eu só quero que o dia termine bem. Fica o desejo para amanhã.

Está tudo bem, mas... eu podia ter ido dormir mais cedo hoje, né não?! :-/

2 comentários:

Macabéa disse...

Vixe!!! Essa doeu... o chute no estômago foi meu né. Saquei. Esperava menos, mas mereci. Mas espero que vc também tenha achado... que no fim a sua noite terminou bem. Não agüentei de curiosidade, mal desligamos e eu já trouxe o note-book para a cama... rs. Curiosidade mata? Ô, se mata. Beijos e mais uma vez desulpe-me.

Pedrita disse...

eu sinto isso em eventos culturais. vc consegue sentir várias emoções em um única apresentação. beijos, pedrita