sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Meio Almodóvar

Lenine e Juca Novaes

Foi só um ensaio
Foi só um insight
Durou muito pouco
Doeu muito mais
Foi trailer de filme
Ensaio de orquestra
Foi jogo suspenso
No auge da festa
Foi curto e intenso
Canção de Caymmi
Foi meio Almodóvar
Foi meio Fellini
Foi como um cometa
No céu da cidade
Foi breve promessa
De felicidade
Eu morro de saudades do que era pra viver
E vivo da viagem de reencontrar você
Meus olhos do passado num futuro que nem sei
De tantas outras vidas
Mil pontos de partida
E todos os detalhes do que não aconteceu
Repetem o roteiro pra mostrar você e eu
O filme recomeça e nunca chega até o fim
E nessa nova vida
Não tem a despedida
Foi só a voz guia
Foi nem a metade
Foi estrela guia
Foi tanta verdade
Um mero rascunho
Mas foi divindade
Grafite no muro
Da minha saudade
Eu morro de saudades...

Clique aqui e cante junto.

3 comentários:

Silvana disse...

Um máximo. Poema leal a todo vapor de uma mera saudade que ficou! Meu blog se quiser conhecer: www.qbonecadoll.blogspot.com Fui!

Daniella disse...

Ops, esse nome é de minh mãe. O meu é Daniella

Luiz M. Soares disse...

Olá Camila!

Parabéns pelo blog! È de espaços assim, que precisamos na nossa blogosfera!

Ah, essa canção é linda né?
Conheci há pouco tempo, pela Nova Brasil FM e já sou fã do Juca!

Aliás, postei essa música no meu blog agorinha!
avantecultura.blogspot.com

Sempre que der, estarei por aqui!

Um grande abraço,
Luiz