segunda-feira, 20 de setembro de 2010

02h37

Numa dessas noites insones, me veio isso aqui:

Dormiu com as palavras.
Acordou molhada de metáforas

Com poemas entre as pernas

E desejos proibidos
sob o lençol.



Para quem nunca cria nada, até que não está de todo mal, não é?! ;-)

4 comentários:

* Felicidade Clandestina disse...

Que felicidade!!!!


que bom que voltou =]
ando meio sumida... meu computador deu problema há algumas semanas... estou parada de tudo.

Cheia de saudade do meu Reino ^^

depois venho calmamente para ler as novas coisas e sentir as novas mudanças.

Beijo minha Querida,
até! =]

Cynthia Gonçalves disse...

Nada mal mesmo... rs

Andréia disse...

U-A-U!
A noite foi insone, mas produtiva.

Anônimo disse...

Gostei disso aqui. Gosto do jeito como escreves, aparenta-me que as palavras chegam a ti sob asas de borboletas...
Que 2011 lhe traga muitos motivos para se alegrar...
Um beijo grande e uma prece sempre constante pela sua felicidade.
DOM.